conecte-se ao deputado

Aprospera inaugura galpão para produtores agroecológicos no Alto Sebastião

Augusto Carvalho participou no último sábado (7) da inauguração do galpão da Associação dos Produtores Agroecológicos do Alto São Sebastião (Aprospera). Com a presença dos produtores locais, a solenidade contou com a presença do secretário de Agricultura, Argileu Martins, e do presidente da Emater-DF, Roberto Carneiro. O galpão construído com palha e barro por meio de técnicas de bioconstrução foi erguido com o apoio da comunidade e servirá como base de reuniões para a associação.
O secretário de agricultura destacou a inovação tecnológica usada pelos produtores rurais em especial na construção do galpão totalmente construído com produtos locais.
Edson Policena é produtor do assentamento Oziel Alves há seis anos de forma agroecológica no sistema de agrofloresta. Edson é dono de uma das Comunidades que sustentam a Agricultura (CSA) e acredita que o galpão será importante para a comercialização de seus produtos. “Foi uma vitória para a associação e para os produtores da região”.
Na entrevista à Sula Sevillis, a produtora rural explica como funciona a Aprospera, que foi criada em 2016, e se localiza na divisa entre Distrito Federal e Goiás. “Hoje nós estamos em 45 associados. Grande parte deles do Assentamento Oziel Alves III, na região do Núcleo Rural Pipiripau, no Núcleo Rural Taquara, e alguns associados em áreas mais distantes, mas dentro da Bacia do Ribeirão Pipiripau”, diz Fátima.
Ela falou também sobre o funcionamento das Comunidades que Sustentam a Agricultura (CSA). “Nós da Aprospera temos 9 CSA, das 22 que existem em Brasília. As outras funcionam em órgãos como a Adasa, a Emater-DF, a Funai, escolas, bairros e restaurantes. É um processo muito importante porque a comunidade passa a entender o agricultor, as dificuldades que ele tem. É um novo tempo que se abre a partir do acolhimento dessa nova proposta”, finaliza a produtora.